Normalização de trabalhos acadêmicos


23/10/2014


23 DE OUTUBRO - DIA DO AVIADOR

“HAVERÁ HOJE, TALVEZ, QUEM RIDICULARIZE MINHAS PREDIÇÕES SOBRE O FUTURO COMERCIAL DOS AEROPLANOS. QUEM VIVER, PORÉM, VERÁ” (Alberto Santos Dumont).

 


Foi o primeiro voo de um aparelho mais pesado que o ar.  No dia 23 de outubro de 1906, Santos Dumont levantou voo com o seu "14 Bis". Era o princípio da aviação, o meio mais rápido e arrojado de transporte criado pelo homem.


O aeroplano, sem o auxílio de dispositivos de lançamento, percorreu 60 metros, durante sete segundos, a uma altura de aproximadamente dois metros, perante mais de mil espectadores.

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

 

 

 

Escrito por João Bosco às 12h35
[ envie esta mensagem ] [ ]

21/10/2014


CIBERESCOLA DA LÍNGUA PORTUGUESA

 

ENSINO A DISTÂNCIA


De que falamos quando nos referimos a ensino online, ensino a distância, ensino com recurso às TIC? Plataformas e aplicações de ensino são uma e a mesma coisa? Aprende-se melhor ou pior com recurso às novas tecnologias? É apenas uma questão de motivação e de atratividade? Qual o papel do professor "de carne e osso" neste contexto?


A Professora Ana Sousa Martins*, Coordenadora da Ciberescola e Investigadora do CLUNL, expressa sua opinião em excelente artigo: http://www.prof2000.pt/users/anamartins/DGE/7almadaforma-ana.pdf

 

*Ana Sousa Martins fez doutoramento em Linguística na Faculdade de Letras da Universidade do Porto; realiza pós-doutoramento em Linguística/aquisição de L2 financiado pela FCT no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (1.º triénio) e no Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (2.º triénio).Tem várias publicações sobre o ensino do português língua materna e língua segunda (ver http://www.prof2000.pt/users/anamartins/#publicacoes ). É coordenadora do Ciberdúvidas desde 2006 e da Ciberescola da Língua Portuguesa desde 2009.

 

Professora Ana Sousa Martins

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 10h19
[ envie esta mensagem ] [ ]

16/10/2014


RECEBEMOS CONVITE

Para participar da cerimônia de apresentação da coleção “800 anos de Literaturas em Português”. Dia 17 de outubro, às 18h30, no auditório Cardeal Medeiros na Universidade Católica Portuguesa.

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 16h11
[ envie esta mensagem ] [ ]

07/10/2014


Este blog tem por finalidade discutir assuntos pertinentes à normalização de trabalhos acadêmicos e outros temas relativos à Metodologia Científica. 


Em relação à linguagem, vez por outra ele também pretende atuar como uma oficina de palavras.


Além disto, sempre que possível, procura discutir soluções para a segurança de dados armazenados em memória de computador.


Trata-se de uma iniciativa sem finalidades lucrativas com enfoque na aplicação das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

 

 

Contato: jbmiquelao@uol.com.br

 

 

Escrito por João Bosco às 22h12
[ envie esta mensagem ] [ ]

02/10/2014


CURSOS NA ABNT - OUTUBRO DE 2014

 

Tema:   Informação e Documentação

 

Descrição: Trabalhos acadêmicos

 

Público Alvo: Estudantes e profissionais interessados em Normalização de Trabalhos Acadêmicos

 

Objetivo: Auxiliar alunos e professores de graduação, pós-graduação e pesquisadores em geral na elaboração e apresentação trabalhos acadêmicos

 

Conteúdo: - O curso terá como base as normas técnicas:

- ABNT NBR 6023:2002 - Referências – Elaboração;

- ABNT NBR 6024:2012 - Numeração progressiva das seções de um documento escrito – Apresentação;

- ABNT NBR 6027:2012 - Sumário – Apresentação;

- ABNT NBR 6028:2003 - Resumo – Apresentação;

- ABNT NBR 6034:2004 - Índice – Apresentação;

- ABNT NBR 10520:2002 - Citações em documentos – Apresentação;

- ABNT NBR 14724:2011 - Trabalhos acadêmicos – Apresentação;

- ABNT NBR 12225:2004 - Lombada – Apresentação;

- ABNT NBR 15287:2011 -  Projeto de pesquisa – Apresentação;

- Exercícios.

 

Duração: 16 horas, em 2 dias, das 8h 30min às 17h 30min;

 

Turma: 1217 16/10/2014 - 17/10/2014

Av. Treze de Maio, 13 , 28º andar - Centro - RIO DE JANEIRO/RJ

R$ 990,00 para inscrições PAGAS entre 14/02/2014 - 26/09/2014

R$ 1100,00 para inscrições PAGAS entre 27/09/2014 - 16/10/2014

Data limite para pagamento com boleto - 09/10/2014

Desconto para associados ABNT – 20%

Instrutor: Maria Auxiliadora de Souza Nogueira

9 Vagas Disponiveis

 

Turma: 1176 20/10/2014 - 21/10/2014

Av. Paulista, 726 - 10º andar - Bela Vista - SAO PAULO/SP

R$ 990,00 para inscrições PAGAS entre 07/08/2014 - 30/09/2014

R$ 1100,00 para inscrições PAGAS entre 01/10/2014 - 20/10/2014

Data limite para pagamento com boleto - 13/10/2014

Desconto para associados ABNT – 20%

Instrutor: Celso Ricardo de Souza

 

Maiores informações: http://www.abntcatalogo.com.br/default.aspx?O=2

 

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 19h26
[ envie esta mensagem ] [ ]

29/09/2014


AULA DE PORTUGUÊS DE HOJE

Em vez de e ao invés de - Quando ou quanto mais não seja - Personagem é um substantivo de dois gêneros?

Maria Tereza de Queiroz Piacentini*

 

 

Em vez de e ao invés de


Na teoria, temos o seguinte:

 

. em vez de significa em lugar de; dá ideia de substituição: ficar em casa em vez de ir à escola; beber cerveja em vez de refrigerante; usar 11 cadeiras em vez de 12;

 

. ao invés de significa ao contrário; indica situação oposta: ao invés de ajudar-me, seu gesto me prejudicou; subiu ao invés de descer; compareceu o pessoal da direita ao invés da esquerda.

 

Isso é o que dizem os livros e manuais de gramática. Na prática, porém, nem sempre essa distinção é clara, isso porque toda ideia de oposição implica uma coisa no lugar de outra, o que dá margem ao uso de “em vez de” – ou mesmo “no lugar de” – em qualquer situação. Vamos conferir:

 

Seu gesto me prejudicou em vez de me ajudar.

 

Em vez da direita, quem compareceu ao comício foi a esquerda.

 

Ela subiu a rampa em vez de descê-la.

 

O gramático Napoleão Mendes de Almeida (Dicionário de Questões Vernáculas, 1981:26) diz textualmente: “A primeira locução – em vez de – pode ser usada nos dois casos; a segunda, que se prende ao étimo inverse (inversamente), denota sempre contraste, oposição; não pode ser empregada como simples sinônima da primeira.” Daí se conclui que utilizar apenas (ou pelo menos em caso de dúvida) a expressão em vez de significa estar sempre certo.

 

E para quem sabe inglês, devo chamar a atenção de que a tradução de ambas as locuções é uma só: instead of, o que mostra mais uma vez o artificialismo da “diferença” entre elas. Portanto, chega de insistir o professor em rotular de erro o que não é.

 

Quando ou quanto mais não seja

 

Use a primeira, com d. Há duas opções corretas, com quando e com tanto (daí o cruzamento que leva a “quanto”): quando mais não seja e tanto mais não seja. Essa locução tem valor condicional ou concessivo. Vale aproximadamente por se não for (para) outra coisa, nem que seja (no passado: nem que fosse). Exemplos:

 

Convém protestar, quando mais não seja para provar que estamos vivos.

 

Embora sonolenta, pretende recitar todos os versos de cor, tanto mais não seja para agradar à tia, empertigada na primeira fila do teatro.

 

Gomes até recebera oferta para trabalhar com um primo riquíssimo que morava em Santos; disse que iria aceitá-la, tanto mais não fosse para provar aos parentes que tinha o seu valor.

 

 

Personagem é um substantivo de dois gêneros?

 

Sim. Já que se trata de substantivo de dois gêneros, podemos dizer um/o personagem ou uma/a personagem, indiferentemente, seja a referência a homem ou mulher.

 

* Maria Tereza de Queiroz Piacentini  é Diretora do Instituto Euclides da Cunha e autora dos livros 'Só Vírgula', 'Só Palavras Compostas' e 'Língua Brasil – Crase, pronomes & curiosidades' - www.linguabrasil.com.br.

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br.

 

 

Escrito por João Bosco às 11h07
[ envie esta mensagem ] [ ]

27/09/2014


MESTRADO PROFISSIONAL x MESTRADO ACADÊMICO

Enquanto o mestrado acadêmico prepara o aluno para se tornar pesquisador, normalmente seguindo a carreira com o doutorado, o mestrado profissional o prepara para o mercado, sem deixar de lado a forte base acadêmica.


PORTARIA NORMATIVA Nº 7, DE 22 DE JUNHO DE 2009, que dispõe sobre o mestrado profissional no âmbito da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES.

 

 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO a necessidade de estimular a formação de mestres profissionais habilitados para desenvolver atividades e trabalhos técnico-científicos em temas de interesse público; CONSIDERANDO a necessidade de identificar potencialidades para atuação local, regional, nacional e internacional por órgãos públicos e privados, empresas, cooperativas e organizações não-governamentais, individual ou coletivamente organizadas; CONSIDERANDO a necessidade de atender, particularmente nas áreas mais diretamente vinculadas ao mundo do trabalho e ao sistema produtivo, a demanda de profissionais altamente qualificados; CONSIDERANDO as possibilidades a serem exploradas em áreas de demanda latente por formação de recursos humanos em cursos de pós-graduação stricto sensu com vistas ao desenvolvimento socioeconômico e cultural do País; CONSIDERANDO a necessidade de capacitação e treinamento de pesquisadores e profissionais destinados a aumentar o potencial interno de geração, difusão e utilização de conhecimentos científicos no processo produtivo de bens e serviços em consonância com a política industrial brasileira; CONSIDERANDO a natureza e especificidade do conhecimento científico e tecnológico a ser produzido e reproduzido; CONSIDERANDO a relevância social, científica e tecnológica dos processos de formação profissional avançada, bem como o necessário estreitamento das relações entre as universidades e o setor produtivo; e, finalmente, CONSIDERANDO o disposto na Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, as deliberações do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior - CTC-ES e as deliberações do Conselho Superior da CAPES, RESOLVE:

 

 Art. 1º A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES regulará a oferta de programas de mestrado profissional mediante chamadas públicas e avaliará os cursos oferecidos, na forma desta Portaria e de sua regulamentação própria.

 

Art. 2º O título de mestre obtido nos cursos de mestrado profissional reconhecidos e avaliados pela CAPES e credenciados pelo Conselho Nacional de Educação - CNE tem validade nacional e outorga ao seu detentor os mesmos direitos concedidos aos portadores da titulação nos cursos de mestrado acadêmico.

 

 Art. 3ºO mestrado profissional é definido como modalidade de formação pós-graduada stricto sensu que possibilita:

 

I - a capacitação de pessoal para a prática profissional avançada e transformadora de procedimentos e processos aplicados, por meio da incorporação do método científico, habilitando o profissional para atuar em atividades técnico-científicas e de inovação;

 

II - a formação de profissionais qualificados pela apropriação e aplicação do conhecimento embasado no rigor metodológico e nos fundamentos científicos;

 

III - a incorporação e atualização permanentes dos avanços da ciência e das tecnologias, bem como a capacitação para aplicar os mesmos, tendo como foco a gestão, a produção técnico-científica na pesquisa aplicada e a proposição de inovações e aperfeiçoamentos

tecnológicos para a solução de problemas específicos.

 

 Art. 4ºSão objetivos do mestrado profissional:

 

I - capacitar profissionais qualificados para o exercício da prática profissional avançada e transformadora de procedimentos, visando atender demandas sociais, organizacionais ou profissionais e do mercado de trabalho;

 

II - transferir conhecimento para a sociedade, atendendo demandas específicas e de arranjos produtivos com vistas ao desenvolvimento nacional, regional ou local;

 

III - promover a articulação integrada da formação profissional com entidades demandantes de naturezas diversas, visando melhorar a eficácia e a eficiência das organizações públicas e privadas por meio da solução de problemas e geração e aplicação de processos de inovação apropriados;

 

IV - contribuir para agregar competitividade e aumentar a produtividade em empresas, organizações públicas e privadas.

 

Parágrafo único. No caso da área da saúde, qualificam-se para o oferecimento do mestrado profissional os programas de residência médica ou multiprofissional devidamente credenciados e que atendam aos requisitos estabelecidos em edital específico.

 

Art. 5º Os cursos de mestrado profissional a serem submetidos à CAPES poderão ser propostos por universidades, instituições de ensino e centros de pesquisa, públicos e privados, inclusive em forma de consórcio, atendendo necessária e obrigatoriamente aos

 

requisitos de qualidade fixados e, em particular, demonstrando experiência na prática da pesquisa aplicada.

 

Parágrafo único. A oferta de cursos com vistas à formação no Mestrado Profissional terá como ênfase os princípios de aplicabilidade técnica, flexibilidade operacional e organicidade do conhecimento técnico-científico, visando o treinamento de pessoal pela exposição dos alunos aos processos da utilização aplicada dos conhecimentos e o exercício da inovação, visando a valorização da experiência profissional.

 

 Art. 6ºAs propostas de cursos de mestrado profissional serão apresentadas à CAPES mediante preenchimento por meio eletrônico via internet do Aplicativo para Cursos Novos - Mestrado Profissional (APCN-MP), em resposta a editais de chamadas públicas ou por iniciativa própria das instituições, dentro de cronograma estabelecido periodicamente pela agência.

 

 Art. 7º A proposta de Mestrado Profissional deverá, necessária e obrigatoriamente:

 

I - apresentar estrutura curricular objetiva, coerente com as finalidades do curso e consistentemente vinculada à sua especificidade, enfatizando a articulação entre conhecimento atualizado, domínio da metodologia pertinente e aplicação orientada para o campo de atuação profissional ;

 

II - ser compatível com um tempo de titulação mínimo de um ano e máximo de dois anos;

 

III - possibilitar a inclusão, quando justificável, de atividades curriculares estruturadas das áreas das ciências sociais aplicadas correlatas com o curso, tais como legislação, comunicação, administração e gestão, ciência política e ética;

 

IV - conciliar a proposta ao perfil peculiar dos candidatos ao curso;

 

V - apresentar, de forma equilibrada, corpo docente integrado por doutores, profissionais e técnicos com experiência em pesquisa aplicada ao desenvolvimento e à inovação;

 

VI - apresentar normas bem definidas de seleção dos docentes que serão responsáveis pela orientação dos alunos;

 

VII - comprovar carga horária docente e condições de trabalho compatíveis com as necessidades do curso, admitido o regime de dedicação parcial;

 

VIII - prever a defesa apropriada na etapa de conclusão do curso, possibilitando ao aluno demonstrar domínio do objeto de estudo com plena capacidade de expressar-se sobre o tema;

 

IX - prever a exigência de apresentação de trabalho de conclusão final do curso.

[continua]

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 13h57
[ envie esta mensagem ] [ ]

25/09/2014


MORTE DE ATEÍSTA QUE FOI PASTOR DE UMA IGREJA EVANGÉLICA

 

Dr. Gerald Alexander Larue, professor emérito de religião na Universidade South California,   faleceu aos 98 anos no último dia 17.


Larue trabalhou como pastor no Canadá e Estados Unidos de 1945 a 1953.


Ele também publicou vários livros de sucesso, como Sex in the bible, The supernatural  e The occult and the bible, dentre diversos outros, tendo trabalhado com vários grupos humanistas e desenvolvido pesquisas arqueológicas voltadas ao estudo de religiões.


Também esteve envolvido na célebre fraude perpetrada pelo seu colega George Jammal, em 1993, que anunciou haver descoberto a Arca de Noé intacta. Mais tarde, porém, Dr. Larue, em entrevista à revista Time, revelou toda a verdade.


Em 1989 ele recebeu o prêmio Humanista do Ano da American Humanist Association.

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 19h16
[ envie esta mensagem ] [ ]

MICROCONTO DE HOJE

 

O JUÍZO FINAL É AGORA

João Bosco Miquelão


 

Nosso tempo dá o que pensar: O futuro é imaginário, chega sob a forma do presente que dura somente um instante e já se

transforma no passado.


A mente humana é programada para reproduzir padrões. Ele sempre achou que o tempo simplesmente era composto de passado, presente e futuro, ou, mais modernamente, uma das dimensões da concepção de espaço-tempo, algo que ele aceitava sem entender muito bem.


Mas, o tempo é particularíssimo e diferente para cada um de nós.


Ele se lembra da conclusão a que Santo Agostinho chegou acerca do tempo: “Antes dos tempos criados por Deus, não havia tempo”.


Também se recorda do texto bíblico que se refere a todos os mortos do presente, do passado e do futuro: “ouvirão a sua voz e sairão dos túmulos”. O próprio evangelista ficaria perplexo se soubesse que isto já acontecia e vem acontecendo permanentemente, pois cada um de nós tem a sua própria realidade.  Ele não entenderia que o tempo é uma ilusão, não existe como o conhecemos. O evangelista poderia até entender, intuitivamente, que pontos no espaço-tempo são chamados de eventos, mas, dificilmente compreenderia que, não existindo espaço, o tempo inexiste.


O sujeito morre agora e no mesmo instante já está “do lado de lá”, prestando contas de sua vida terrena.


Ele está sonhando?


Morreu?


Percebe, tardiamente, que a vida é feita só de momentos, pois há pouco estava na UTI de um hospital, e, imediatamente, do leito se vê transportado para “aquele lugar”, no meio de uma enorme multidão.


Ninguém usa roupas! E, estranhamente, embora nus, não há nudez à mostra.


Também muito estranho é o modo como consegue “enxergar” cada um. Na verdade, não os vê, talvez os sinta de uma maneira diferente. São unidimensionais?   


É extraordinário vivenciar aquela realidade de uma multidão que não ocupa espaço, num presente que já é passado!


Todos já foram julgados, cada um na sua realidade. Assim, percebe que é a sua vez. É a sua realidade.


Começa a lembrar de seus “pecados”:


- Nos últimos sessenta anos, parei de rezar; deixei de pedir coisas a Deus; só frequentei igrejas por questões sociais - casamentos, batizados, missas de sétimo dia...  


 Seu pensamento é interrompido, pois de repente entende sem ouvir nenhuma voz:


- Você confiou em Mim, não me pediu saúde, vida longa, bom emprego, casa para morar. Não Me pediu nada, deixou que Eu decidisse. Isto basta!


E fica muito feliz, pois acaba de conseguir a salvação eterna!


Um deles se aproxima e lhe estende uma mão tridimensional.


 Ele a aperta com força, com muita força.


- Ai! - grita a enfermeira.


E, sorrindo, completa:


- Só porque o senhor acordou não precisa quebrar a minha mão!

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Escrito por João Bosco às 12h12
[ envie esta mensagem ] [ ]

EVENTO EM PORTUGAL

A Língua Portuguesa é atualmente reconhecida como um dos grandes veículos de comunicação internacional e ocupa um lugar de referência como língua de trabalho em vários domínios.


 

 

Entre diversas outras circunstâncias, contribuem para essa condição a afirmação e o dinamismo quotidianos dos seus 250 milhões de falantes com expressiva tradução, designadamente, nos panoramas cultural e científico e também no assinalável crescimento económico verificado em diferentes países da CPLP. Devido a isso, somos hoje a maior comunidade linguística do hemisfério sul e utilizamos o 3.º idioma europeu mais falado no mundo.

 

A conferência promovida em parceria com a Universidade do Minho integra-se num conjunto de iniciativas levadas a cabo pela Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa que visa contribuir para alavancar a participação da sociedade civil em prol da nossa língua comum, através da mobilização de especialistas, académicos e personalidades de incontornável relevância na CPLP. Estes eventos concretizam a estratégia definida nos Planos de Ação de Brasília e de Lisboa e ocorrem no momento em que se assinalam 800 anos sobre a data do primeiro documento oficial escrito em português.

 

 

O programa desta conferência contempla os mais recentes desenvolvimentos de alargamento da CPLP e enfatiza os laços históricos comuns entre a Galiza e Braga - durante largos séculos capital da romana Hispania Gallaecia e do Reino Suevo – na região onde nasceu a Língua Portuguesa.

 

 

 

Programa e inscrições n/ link: http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/inscricao-conf-minho


Contato com este blogjbmiquelao@uol.com.br

 


Escrito por João Bosco às 10h08
[ envie esta mensagem ] [ ]

24/09/2014


COMEMORA-SE HOJE NOS ESTADOS UNIDOS

O 10º NATIONAL PUNCTUACTION DAY

 


Segundo Jeff Rubin, o idealizador do evento:


 

“Uma celebração da humilde vírgula, do uso correto de aspas, de outros usos do ponto, do ponto-e-vírgula e das sempre misteriosas reticências”.  

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 21h15
[ envie esta mensagem ] [ ]

18/09/2014


JEAN PIAGET

 

 

 

O nome Piaget é quase sinônimo de Pedagogia.


Piaget revolucionou o modo de encarar a educação de crianças.


Ontem, dia 17 de setembro, fez 34 anos que o grande educador, pai da epistemologia genética, faleceu.

 

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

Escrito por João Bosco às 12h52
[ envie esta mensagem ] [ ]

16/09/2014


ESTAMOS COMEMORANDO

A 39.000.ª (TRIGÉSIMA NONA MILÉSIMA) VISITA A ESTE BLOG!

Escrito por João Bosco às 09h25
[ envie esta mensagem ] [ ]

04/09/2014


CONVITE

Escrito por João Bosco às 15h50
[ envie esta mensagem ] [ ]

20/08/2014


SEGURANÇA NA INTERNET

O NOVO PADRÃO DE SENHAS 2FA


 

Senha dupla pode ajudar a evitar fraudes. Veja mais n/ link: http://netforbeginners.about.com/od/internet101/fl/2FA-The-New-Normal-of-Passwords.htm?utm_source=cn_nl&utm_medium=email&utm_term=Computers%20Channel%20Newsletter&utm_campaign=computersl&utm_content=20140820

 

Contato com este blog: jbmiquelao@uol.com.br

 

 

Escrito por João Bosco às 11h52
[ envie esta mensagem ] [ ]



Perfil

Histórico